Instagram Facebook Google + RSS Pedidos

A HISTÓRIA DE MADDISON E LILY

Home       A HISTÓRIA DE MADDISON E LILY
Maddison e LilyA cadelinha Lily tem seis anos de idade. Quando era nova, um problema de visão obrigou os veterinários a remover ambos os olhos. E desde esse momento, a grande companheira Maddison, de sete anos, tem sido a sua guia inseparável.

As duas companheiras, porém, ficaram sem donos em julho de 2010, pois as pessoas com quem viviam deixaram de ter condições para as sustentar. Desde então, têm estado acolhidas no Centro Dogs Trust de Shrewsbury, Inglaterra.

Maddison e Lily
Maddison e Lily

“Maddison é um autentico cão guia. Está sempre a tocar-lhe para que ela saiba o caminho por onde deve ir. É lindo de ver, a Maddison é muito cuidadosa e está sempre a olhar por ela” disse Louise Campbell, administradora do centro. “Elas são muito próximas e gostam da companhia uma da outra” acrescentou.

Maddison e Lily

Segundo os responsáveis pelo centro, as duas dormiam juntas e eram muito cordiais uma com a outra. A dupla inseparável encontrava-se para adoção, necessitando claro de donos cientes da responsabilidade e com condições para acolher ambas, sendo cães de grande porte e não propriamente jovens.

Maddison e Lily

Esta história especial comoveu muitas pessoas e têm sido várias as chamadas e visitas efetuadas demonstrando interesse na adoção. Os funcionários procuravam um novo dono para a dupla de cães. “Quem quiser adotar uma, terá que levar a outra. Elas não vivem sozinhas”, disse Louise.

Desde que a dupla inseparável apareceu nas páginas da web, mais de dois mil interessados em adotar Lily e Maddison procuraram o centro de adoção. Recentemente, o local promoveu uma seleção para encontrar um novo lar para as cadelas.

Anne Williams, de 52 anos, e seu marido Len, bombeiro aposentado de 53 anos, foram selecionados. Em 2011, a filha do casal saiu de casa e levou também o cachorro de estimação da família.

Maddison e Lily

Tudo ia bem, porém Lily teve problemas de adaptação e o stress levou-a a atacar a sua amiga Maddison, tornando a reconciliação entre ambas impossível. Seguiram caminhos diferentes, depois de 6 anos de companheirismo.

O desenrolar do caso não foi, porém, o mais desejado e a dupla inseparável, separou-se, ao que tudo indica de forma definitiva.

A dupla Lily e Maddison separou-se

Apesar de todos os esforços, quer por parte do staff da Dogs Trust como dos novos donos, para que a adaptação fosse a mais suave possível, a experiência de adaptação à nova casa foi bastante negativa. A alteração de ambiente e de rotina fez com que a Lily se sentisse inadaptada logo no primeiro dia e a sua relação com a Maddison alterou-se. A Lily desenvolveu um comportamento agressivo para com a sua até então guia inseparável e, num dado momento, atacou-a. Assustada, a Maddison ficou com medo de voltar a estar próxima da Lily e a co-habitação dos dois cães tornou-se impossível.

Destroçada, a nova família contactou a Dogs Trust relatando o sucedido. O staff da Dogs Trust sugeriu que ambas voltassem ao centro para que a equipa de treino e comportamento pudesse avaliar o caso e reconciliar a Lily e a Maddison.

Maddison e Lily

Reconciliação Impossível

Do dia 30 de Outubro até 17 de Novembro de 2011, foram feitas diversas tentativas para reconciliar os dois animais, mas a natureza do seu relacionamento parecia ter-se alterado radicalmente desde que se mudaram do centro para a nova casa.

Segundo Lynn Barber, responsável pelo treino canino na Dogs Trust, “a reação agressiva da Lily contra a Maddison no novo lar, foi quase de certeza provocada pelo fato da Lily ser cega, o que significa que a sua adaptação e reação a uma casa totalmente nova é diferente da que teria um cão sem problemas de visão. A Lily viveu com a Maddison durante seis anos num ambiente onde se sentia confortável. A mudança para o centro não tinha afetado a Lily pois era um ambiente limitado e de fácil adaptação, por isso, a relação entre ambas não foi alterada no centro de acolhimento.”

A situação era completamente diferente na nova casa: “Infelizmente para a Lily, mudar-se para um novo lar provou ser extremamente estressante, ao tentar adaptar-se a um novo ambiente, encontrar o seu espaço e construir uma relação nova com os seus donos ao mesmo tempo que mantinha a amizade com a Maddison. Este estress foi o responsável pela reação agressiva. Infelizmente alguns confrontos no mundo canino são tão angustiantes que se torna quase impossível perdoarem-se.”

A reabilitação desta relação especial que ambas partilhavam falhou totalmente e a Dogs Trust decidiu, ainda que com relutância, que a Lily e a Maddison seguiriam caminhos diferentes daí em diante. No dia 17 de Novembro de 2011 deu-se a separação definitiva e nem a Lily nem a Maddison, demonstraram sinais de ansiedade ou angústia após a separação.

Os Novos Caminhos para Ambas

A Maddison voltou para a família que tinha acolhido ambas no dia 30 de Outubro e onde tinha ocorrido o incidente. A família tinha deixado claro que ficaria com uma delas e, tendo em conta a reação da Lily e o fato de existirem mais cães na residência, tornou-se claro que não seria seguro para a Lily ser ela a acolhida. Não seria seguro para a própria Lily, para os outros cães ou para os donos.

Já a Maddison sempre se mostrou tranquila em relação aos outros animais, pelo que se adequava perfeitamente nesta nova casa.

No que diz respeito à Lily, foi adotada por um novo dono que foi cuidadosamente selecionado, tendo em conta as necessidades especiais que ela já tinha, com a cegueira, e as que agora apresenta, pois necessita de muita atenção e afeição que substitua os vários anos de companheirismo que mantinha com a Maddison.

Pode ser um pouco triste o desfecho da história, mas hoje ambas tem seus lares e são bem cuidadas pelos seus donos adotivos.

Pesquisar

  Pesquisar


Curso de fotografia pet


Categorias



Artigos recentes

Fotografia de Scottish Terrier - Mia   27/12/2018

Fotografia de Scottish Terrier - Mia

 
Ensaio fotográfico de gatos da raça Bengal em São Paulo   25/10/2017

Ensaio fotográfico de gatos da raça Bengal em São Paulo

 


Tags

Adestramento . Adoção . Alho . Alimentação Natural . America . Amizade . Amor . Apartamento . Aussie . Australian Shepherd . Aves . Bernese . Book . Book Pet . Border . Border . Border Collie . Boxer . Bull . Bulldog . Bulldog Frances . Bulldogue . Cachorro . Candice . Carinho . Carrapatos . Cega . Champ . Clicker . Clientes . Clipping . Cocker Spainel . Collie . Comportamento Animal . Comportamento Canino . Concurso . Cookies . Cães . Cão . Dachshund . Delas . Despedida . Destaque . Dicas . Domingo Show . Educação . Encontro . Ensaio . Ensaio Pet . Ensaio Pet Retrato . Filhote . Foco . Folha de São Paulo . Foto . Foto Bulldog . Foto Cães . Foto Pet . Foto Poodle . Fotografia . Fotografia Bulldog . Fotografia de Cachorro . Fotos . Fotógrafo . Frances . Frenchie . Gato . Gatos . Golden . Golden Retriever . Goldencontro . Higland . Historia . Hotelzinho . Husky . Husky Siberiano . IG . Ibirapuera . Iphoto . Jupiter . Lembrança . Lhasa Apso . Lily . Maddison . Marianinha . Mars . Mascote . Matérias . Mic . Michelangelo . Morte . Mídia . Natural . Neem . Notícia . Ovelha . Papagaio . Parque . Parrot . Pastor . Pastor Australiano . Pedigree . Pet . Pet Book . Pet Foto . Pet Livreto . Pet Livro . Pet Retrato . Pethub . Petiscos . Petlivro . Photo Channel . Pit Bul . Poodle . Promoção . Psitacídeos . Pug . Pulgas . Puppies . Raças . Reconhecimento . Record . Reforço Positivo . Retriever . Rottweiler . SDR . Saphire . Schoep . Seth Casteel . Shi Tzu . TV . Terra Nova . Terrier . Treinamento . Ully . Underwater . Veja . Veja Sp . Vejinha . Vetnil . Viajar . Villa Lobos . Vira Lata . Voo Livre . Vídeo . West . Westies . Whippet . Yorkshire . Zoe . cama cachorro . cama pvc . fogos . scottish . Água . Álbum
Petretrato
© 2019
Endereço   Pet Retrato -São Paulo
(11) 2950-6343